Como se documenta o sidecar?

Nossos sidecares são homologados pelo INMETRO e DENATRAN, portanto enviamos a nota fiscal do sidecar e o CAT (Certificado de Adequação à Legislação de Trânsito) para a devida regularização.
Há duas formas, uma para motocicletas ainda não emplacadas (0 Km) e outra para motocicletas já emplacadas.

Motocicleta não emplacada: Basta nos informar o número do chassi da motocicleta antes de iniciar o processo de emplacamento, assim, faremos a inserção da Carroceria Sidecar no Cadastro BIN da motocicleta e ao fazer o primeiro documento, já constará nele a observação da carroceria conforme exige a legislação.

Motocicleta emplacada: É necessário pegar uma autorização do DETRAN para passar por Inspeção de Segurança Veicular no INMETRO. Com essa autorização em mãos, é só levar a motocicleta com o Sidecar acoplado para a Inspeção no INMETRO mais próximo, onde emitirão a CSV (Certificado de Segurança Veicular). Depois retornar ao DETRAN para fazer a alteração no CRV.

Pelas normas do INMETRO e do Contran, sidecar só pode ser acoplado em motocicletas a partir de 125CC.
No Brasil, o sidecar não pode ser acoplado em motonetas como scooters, independente de cilindrada ou de fabricante.

Abaixo um vídeo mais detalhado sobre o assunto:


Consigo desacoplar e acoplar novamente?
Leva muito tempo?

A primeira acoplagem deve levar cerca de 3 horas, podendo variar conforme o nível de conhecimento e equipamentos usados.

Abaixo um vídeo de acoplagem em Royal Classic 500 para ter uma noção:

 

Quais motos vocês tem gabarito?

Cada motocicleta, possui um chassi diferente, portanto uma fixação diferente, algumas já possuímos gabarito, que seria o molde das peças de acoplagem.

Atualmente, possuímos gabarito para as seguintes motocicletas:
Honda CG, Honda Bros ES, Yamaha YBR, Factor e Fazer 150. Suzuki Yes e Intruder 125.

E motocicletas custom para a Royal Enfield Classic 500, Bullet e Himalayan.

Caso não tenhamos gabarito para sua moto, é necessário que você nos envie a mesma, para que possamos realizar uma acoplagem exclusiva, este processo envolve, planejamento, construção de peças exclusivas para sua moto, montagem e finalização de acabamentos.
Se preferir, você pode trazer sua moto pessoalmente,
para conhecer nossas instalações, o processo de fabricação, e pegar dicas com nosso engenheiro e fazer um test ride.


Como é pilotar um sidecar?

A dirigibilidade muda bastante, portanto é bom estar ciente que sua motocicleta se tornará “outro veículo” em termos de direção e mobilidade.

Abaixo um vídeo onde demonstramos e damos dicas de pilotagem: